7 maneiras de reduzir os custos da sua empresa - Poli Júnior

7 maneiras de reduzir os custos da sua empresa

7 maneiras de reduzir os custos da sua empresa

No mercado cada vez mais volátil, as empresas necessitam estar muito bem preparadas para toda e qualquer situação que surja, e é aí que a redução de custos entra como uma medida de extrema importância para a saúde da organização.

Existem várias alternativas na hora de reduzir custos em uma empresa, podendo ser influenciadas por diversos fatores como:

- ramo da organização;
- número de colaboradores;
- tipo de produto ou serviço.

Justamente por isso, separamos 7 das principais alternativas para uma efetiva redução de custos na sua empresa.

Quer saber como fazer essa redução? Acompanhe.

Você sabe qual é a diferença entre custo e despesa?

O custo é todo gasto ligado à produção ou execução da sua atividade-fim, seja ela a prestação de um serviço, fabricação de um produto ou compra de mercadoria para revenda.

Exemplos:

- salários de colaboradores;
- transporte utilizado para visita a clientes; 
- energia elétrica.

Já as despesas estão ligadas à administração da sua empresa, que mantém a organização estruturada, e que não tem um impacto direto na fabricação do seu produto ou execução do seu serviço.

Como exemplo:

- aluguéis;
- marketing e propaganda;
- comissão de vendedores;
- material de escritório.

Entendi o que são custos. E como faço para reduzir?

1. Identifique pequenos desperdícios

Alguns recursos como água e energia, apesar de serem essenciais, costumam ser responsáveis por uma parcela bastante significativa nos gastos de uma empresa.

Investir em equipamentos como lâmpadas de LED/fluorescentes, torneiras mais econômicas, ou até desenvolver o simples hábito de desligar os aparelhos que não estão sendo utilizados podem trazer resultados consideráveis para sua empresa.

2. Otimize seus processos

Não é à toa que a frase “tempo é dinheiro” se tornou bastante famosa no mundo dos negócios.

Na redução de custos da sua empresa, a busca por mais eficiência nas suas atividades deve ser uma das prioridades estabelecidas.

Quanto mais tempo um colaborador demanda para uma tarefa específica, em tese menos tempo ele pode demandar para outras.

Nesse pensamento, ao longo dos anos foram surgindo diversas ferramentas que auxiliam nessa otimização e eficiência de processos, como mapeamento de processos entre outras.

Se tiver interesse em conhecer, temos um post específico sobre ferramentas de otimização de processos.

3. Aposte em empresas SaaS

SaaS é uma sigla para Software as a Service (ou “Software como um serviço”, em português), que são empresas que oferecem ferramentas online, onde você as contrata geralmente por planos (mensais, semestrais, anuais, etc.).

Esses sistemas normalmente são de fácil utilização e conseguem atender bem às demandas de cada organização, além de possuir um custo bem mais baixo se comparado ao desenvolvimento de um sistema próprio da empresa.

4. Analise seus fornecedores

Alguns gastos necessários da empresa podem ser considerados imutáveis, mas esse nem sempre é o caso.

É extremamente importante em situações de redução de custos saber identificar quais fornecedores são mais suscetíveis e flexíveis à ideia de negociação.

Vale lembrar também que não necessariamente a negociação seria em relação à quantia a ser paga, podendo ser também em relação a prazos, qualidade do material fornecido, condições do pagamento, dentre outras.

5. Faça um planejamento financeiro

Como já foi mencionado no início do post, o mercado atual é bastante inconstante, e é importante estar o mais preparado possível para quaisquer circunstâncias.

Trabalhando com essa visão, realizar um planejamento financeiro, fazendo projeções para os meses seguintes com previsão de despesas e receitas ajudará muito a sua empresa a otimizar os custos.

Elas servirão como uma espécie de bússola que guiará a seu negócio para as decisões mais adequadas em um momento delicado como o atual.

6. Estipule metas

Talvez tão importante quanto focar na redução de custos da empresa seja estipular metas mensuráveis e realizáveis de quanto realmente é necessário economizar, criando estratégias que levem aos resultados esperados.

Além de permitir analisar todo o progresso feito, essas metas ainda servem de fator motivador e ajudam a focar no propósito de toda a estratégia: a redução de custos da empresa.

7. Incentive e estimule essa cultura no seu time

A criatividade é fundamental em momentos instáveis. Ela faz com que surjam ideias diferentes que podem vir a ser as mais efetivas em tempos como esses.

E, de uma forma ou de outra, se mais pessoas estão envolvidas, mais diversas são essas ideias.

Portanto, é indispensável que haja uma transparência sobre a situação atual com todo o time, gerando assim um sentimento de responsabilidade com a causa e ainda mais engajamento.

Conclusão

A redução de custos pode parecer algo distante muitas vezes, mas garanto que as dicas vão te ajudar a dar o primeiro passo para economizar.

Caso ainda tenha alguma dúvida relacionada ao assunto, você pode nos contatar pelo próprio site ou telefone também, sem maiores compromissos.

Solicite já seu projeto e faça um orçamento! 

Quer conhecer mais sobre engenharia de produção? Clique aqui e acesse nossos outros posts!

 

Inscreva-se na nossa Newsletter