5 benefícios de elaborar um protótipo em CAD - Poli Júnior

5 benefícios de elaborar um protótipo em CAD

5 benefícios de elaborar um protótipo em CAD

Os Softwares CAD (Computer Aided Design) são ferramentas que tem como função facilitar a geração, modificação e otimização de peça ou conjunto de peças. Seu uso vem sendo implementado cada vez mais, confirmando que cumpre muito bem a sua proposta.

Facilitando o design de peças, o software, permite que tenhamos uma maior precisão na criação, assim como facilita as interações de design mais simples e precisas e com isso, uma documentação abrangente para que se possa gerenciar melhor as peças e projetos.

Também existe a versão do CAD 3D, onde se pode manipular o seu projeto tridimensionalmente, permitindo uma vista mais confortável, até mesmo para pessoas mais leigas.

Na área da engenharia versão 3D é mais comumente utilizada em setores de engenharia mecânica no desenvolvimento de peças, já que fornecem ao desenvolvedor diversos benefícios. 

Por se tratar de um software importante para a área da mecânica, trouxemos aqui 5 principais benefícios de elaborar um protótipo utilizando o CAD.

 

1. Aumento na produtividade

Devido à facilidade na montagem e manipulação do protótipo em CAD, o software faz com que seja mais simples e rápido para o designer visualizar o produto final a ser feito, com seus subconjuntos e as demais partes que o constitui.

Havendo também a possibilidade de animar o protótipo, para que possamos ver seu funcionamento do produto real. Com isto o Designer poderá efetuar modificações mais facilmente, assim como sintetizar, analisar e documentar as etapas do projeto.

Com isso o projeto terá um menor custo e tempos de conclusão, já que o designer terá seu trabalho concluído mais rápido e eficientemente.

 

2. Aumento na qualidade

Dada a facilidade na manipulação do projeto, é possível se fazer melhorias no protótipo rapidamente. Devido à grande quantidade de ferramentas disponíveis no CAD a qualidade, que está ligada à precisão das modelagens e simulações que se é possível fazer, é potencializada.

Esse grande nível de detalhamento reduz drasticamente os erros que podem se cometidos pelo projetista. O que melhora a qualidade do design e assim, ajudando na fabricação mais rápida e com menos desperdício que ocorreriam a partir de um design defeituoso.

prototipo em 3d usando cad

Imagem de PIRO4D por Pixabay 

 

Graças a possibilidade da automação, de modo que venha a simular o funcionamento da peça, é possível corrigi-lo antes de sua fabricação. E assim, como dito anteriormente, os defeitos e desperdícios são reduzidos.

Todos esses recursos dão as equipes uma melhor comunicação, já que será mais fácil a visualização da peça, sem que seja necessário um entendimento prévio aprofundado.

E não só a comunicação entre as equipes de desenvolvimento, mas também com compradores. Como vivemos num mundo 3D, uma imagem em 3D irá facilitar o entendimento desse comprador ou investidor.

 

3. Integração

O sistema CAD permite que a fabricação seja assistida por computador e por diversos meios, como, por exemplo, maquinas de controle numérico de computador ou processos de Manejo de Aditivos (impressoras 3D) ou máquinas de Modelagem de Deposição Fusionada (FDM).

A integração que é possível a partir do software CAD permite a adesão de diversas funções, de modo que muitas das etapas em que profissionais iriam ter que se debruçar por horas ou mesmo dia sejam adiantadas de modo que venha a aumentar a produtividade geral da equipe.

 

projeto sendo feito em CAD

 

4. Padronização e reutilização de modelos

O software CAD também permite a padronização do meio, já que seus desenhos podem ser feitos facilmente, ajudando na execução de uma melhor documentação do projeto, assim diminuindo os erros e aumentando sua legibilidade.

Como temos um padrão, a comunicação entre os desenvolvedores é melhorada. O que permite que um projetista possa usar projetos já existentes de forma fácil e abrangente: por meio da associatividade e redimensionamento.

Associatividade é quando se altera o modelo de um projeto e essa alteração irá se propagar por todos os lugares em que esse projeto é usado, desenhos, montagens de nível mais alto e outros. 

Já o redimensionamento se trata de quando se alterar uma peça, clicando e alterando uma dimensão, todas as outras geometrias na peça irão se redimensionar de forma que se mantenha proporcional automaticamente.

A associatividade e o redimensionamento permitem a reutilização desses projetos já existentes para que se crie, facilmente, novas versões ou configurações. Sendo assim possível que se crie várias configurações novas da mesma peça variando dimensões e recursos específicos.

 

5. Organização de lista de materiais e gerenciamento de dados

Ao trabalhar com CAD 3D associativo é assegurada uma lista de materiais (BOM, Bill of Materials) precisa e atualizada. Essa "BOM" fornece informações precisas, pois é atualizada automaticamente a partir das atualizações feitas nas peças e na montagem.

Um bom gerenciamento de dados é algo essencial no processo de desenvolvimento de produtos. Pois, esses projetos passam por vários estágios de desenvolvimento, como, conceituação, projeto de engenharia e montagem.

Então, o controle de dados é de extrema importância quando consideramos todo o pessoal necessário para desenvolver e fabricar um produto:

  • engenharia;
  • compras;
  • vendas;
  • design;
  • marketing;
  • investidores;
  • até mesmo o cliente.

Portanto, é importante que todos tenham acesso aos dados mais atualizados e corretos. Os softwares de gerenciamento de dados dos produtos asseguram que sejam executados os procedimentos corretos de liberação e aprovação em cada uma das etapas do desenvolvimento do protótipo em CAD.

 

Conclusão

Como vimos, os produtos desenvolvidos em CAD trazem consigo diversos benefícios, tanto para a empresa quanto para o desenvolvedor. Benefícios esses que se traduzem em aumento na produtividade, permitindo avançar etapas mais rapidamente.

Deste modo, a empresa em muito se beneficiaria ao se adotar a política de desenvolvimento de protótipos em CAD, evitando problemas tanto de desenvolvimento quanto de fabricação das peças, avançando até mesmo no setor de venda do produto final.

Caso ainda tenha alguma dúvida em como usar o CAD para fazer os protótipos da sua máquina, você pode nos contatar pelo próprio site ou telefone também, sem maiores compromissos.

Solicite já seu projeto e faça um orçamento! 

Quer conhecer mais sobre engenharia química? Clique aqui e acesse nossos outros posts!

 

 

Inscreva-se na nossa Newsletter